(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

Cuidar de netos pode melhorar o bem-estar e aliviar a ansiedade

Asian grandmother and granddaughter making sushi rollAté agora, pouco se sabe sobre como ajudar a cuidar de netos pode afetar o bem-estar de chineses americanos idosos. Essa questão foi recentemente considerada por pesquisadores num estudo publicado no Journal of American Geriatrics Society.
Os pesquisadores analisaram as informações do “Population Study of Chinese Elderly (PINE)”, que examinou mais de 3.000 chineses americanos da área de Chicago com idade a partir de 60 anos entre 2011 e 2013. Os participantes responderam perguntas para rastreamento de depressão, ansiedade, solidão e outros fatores que podem afetar a saúde e o bem-estar.
No estudo, 35% (818) dos participantes disseram que eram cuidadores de crianças, e que passavam uma média de cerca de 12 horas por semana em cuidados infantis.
Para medir o nível de pressão de cuidar que eles experimentaram, os participantes foram questionados sobre “Quantas vezes você se sente pressionado … para cuidar de [seus netos]?” Eles responderam perguntas sobre encargos de cuidar e se sentiam que sua própria saúde estava em risco devido a esse cuidado. Os pesquisadores também determinaram quanto apoio social positivo ou negativo os avós receberam da família e amigos.
Os pesquisadores descobriram que 80% dos participantes acreditavam que cuidar de netos não era um fardo. A maioria dos participantes relatou nunca se sentir pressionado pelos filhos adultos e que não havia experimentado quaisquer efeitos negativos na tarefa de cuidar. Esses avós eram geralmente mais felizes e sentiam muito menos depressão, ansiedade, estresse e solidão em comparação com idosos que não cuidavam de netos.
Especificamente, as pessoas que não cuidavam de netos em comparação com aqueles que o faziam tinham:

  • 40% mais probabilidade de ter sintomas de depressão
  • 20% mais probabilidade de se sentir ansioso
  • 10% mais probabilidade de ter estresse
  • 60% mais probabilidade de se sentir solitário

No entanto, os avós que sentiram a pressão de seus filhos adultos e que acreditavam que não tinham escolha sobre como cuidar de netos relataram ter níveis mais altos de depressão, ansiedade e estresse do que pessoas que não se sentiam pressionadas. Os avós que tinham sentimentos negativos sobre cuidar relataram um aumento de 50% na taxa de sintomas de depressão, 30% nas taxas de estresse e um aumento de 70% na solidão.
“Cuidar de netos pode ser um fardo, uma bênção, ou ambos. Aproveite o tempo com sua família e netos – basta ter o controle de quanto tempo você gasta cuidando “, disse o co-autor do estudo, Fengyan Tang, professor associado da Escola de Trabalho Social da Universidade de Pittsburgh.
Os sentimentos dos cuidadores dependem, em parte, de sua percepção da experiência, bem como de como eles são tratados pela família e pela comunidade. Ambos os sistemas de apoio formal e informal e os serviços de saúde são fundamentais para ajudar os avós mais velhos a manter o seu bem-estar psicológico, observaram os investigadores.
Com Health in Aging