(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

Estudo relaciona deficiência auditiva ao aumento do risco de hospitalização  

Compreender as questões que levam a internações hospitalares em idosos é mais urgente do que nunca. Com o aumento na taxa de internações, os custos associados a essas internações também aumentam. Na verdade, as internações hospitalares são agora o segundo maior fator dos crescentes custos de saúde. Mas mais do que os custos, idosos enfrentam estresse e riscos para a saúde cada vez que são admitidos, portanto querem saber como evitar possíveis hospitalizações.
SchwerhrigUm estudo publicado recentemente no Journal of the American Geriatrics Society observou que idosos com perda auditiva experimentaram uma taxa anual de hospitalização quase 20% maior em comparação com idosos com audição normal. A equipe multidisciplinar responsável pelo estudo examinou dados de 2.148 adultos com idades entre 70 e 79 colhidas ao longo de um período de 12 anos.
O aumento na taxa de hospitalização para idosos com deficiência pode ter várias causas auditiva, observaram os pesquisadores. Por um lado, é possível que a inflamação ou doença microvascular, que enfraquece os vasos sanguíneos minúsculos e é um fator de risco tanto para a audição deficiente e hospitalização, tenham um papel. Além disso, a perda auditiva tem sido associada ao isolamento social, que por sua vez tem sido associado a comportamentos negativos de saúde que podem contribuir para os resultados, dizem os pesquisadores. Finalmente, a perda auditiva é fortemente ligado à função cognitiva mais pobre, o que poderia contribuir mais ainda para uma maior taxa de internação para idosos.
Com Health in Aging