(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

SBGG-SP e Projeto Velho Amigo unidos contra a violência a idosos

violencia_campanhaA SBGG-SP, em parceria com o Projeto Velho Amigo, fará uma grande campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. O dia 15 de junho foi escolhido pela Organização das Nações Unidas como uma data para alertar a sociedade sobre o número crescente de maus tratos cometidos à população da terceira idade.
No entanto, a campanha da SBGG-SP e do Projeto Velho Amigo começa antes. No dia 4 de junho, a primeira ação será na comunidade de Paraisópolis e, no dia 11, em Heliópolis. No dia 15, há um seminário de encerramento no Hospital Santa Catarina. Depois disso, a campanha continuará nas unidades básicas de saúde, postos de saúde, promotoria do idoso e delegacias. Nesses locais, serão distribuídos 50 mil folhetos que ficarão disponíveis o ano todo para que os idosos tenham acesso à informação do que é violência e como ele pode denunciar maus tratos.
As ações contam com parceiros locais na articulação. Em Paraisópolis, do Hospital Albert Einstein e, em Heliópolis, do Instituto Baccarelli. Na ocasião acontecerá uma peça de teatro realizada pelos idosos do CRI Norte (Centro de Referência do Idoso) de São Paulo a respeito das diferentes formas de abuso a que os idosos podem ser submetidos: da violência física à psicológica. Depois da peça, haverá um debate com especialistas.
“Estamos convocando idosos e familiares, pois é importante o idoso estar alerta, mas queremos também que o familiar tenha consciência e esteja sensível sobre a questão da violência”, diz Regina Helena de Mello Helou, fundadora e vice-presidente do Projeto Velho Amigo.
Embora a violência seja algo que pode permear tanto as relações domésticas, como instituições de longa permanência ou até mesmo as instituições de atendimento ao idoso, neste ano, a parceria SBGG-SP e Projeto Velho Amigo vai focar na violência doméstica. A questão é tão grave que das denúncias recebidas pelo Disque 100, ligado à Secretaria dos Direitos Humanos do Governo Federal, 70% dos casos de violência são cometidos por filhos das vítimas – a maior parte delas, 60,3%, mulheres.
“O idoso tem muita vergonha de dizer que sofre violência dentro de casa, de admitir que alguém da sua família cometeu essa violência. Eles se sentem muito humilhados e têm medo de denunciar. Além disso, como irão quebrar o vínculo com o agressor?”, explica Marilia Besse, especialista em Gerontologia e presidente do Departamento de Gerontologia da SBGG-SP.
Todas essas questões serão tratadas de forma lúdica na peça teatral e depois discutidas por especialistas em Paraisópolis e Heliópolis. No dia 15, no Hospital Santa Catarina, especialistas apresentarão informações sobre o abuso contra os idosos voltadas para profissionais da saúde, cuidadores, idosos e familiares.
Confira o calendário dos eventos:
 04/06
Paraisópolis
Einstein – Rua Manoel Antonio Pinto,285
Horário: 14h – 16h00
 
11/06
Heliópolis
Instituto Baccarelli: Estrada das Lágrimas, 2317 – 3º andar
Horário: 14h – 16h00
 
15/06
Seminário
Auditório Prof. Dr. Benedicto Montenegro – Hospital Santa Catarina
Av. Paulista, 200 – Bela Vista
Horário: 18h00 às 21h
Entrada gratuita