(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

Virada da Maturidade: o idoso como protagonista

VIRADAValorizar o idoso como protagonista social. Esse é o principal objetivo da Virada da Maturidade que chega à sua segunda edição em 2016, com o apoio da SBGG-SP (Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – São Paulo), entre os dias 13 e 18 de setembro. “A SBGG-SP tem como prioridade não só o apoio aos profissionais da saúde como à população em geral. Por isso participamos da Virada, visando à melhoria da saúde dos idosos e ao engajamento da sociedade quanto ao processo de envelhecimento ativo”, explica a geriatra Maisa Kairalla, presidente da SBGG-SP.
Além do apoio institucional, a SBGG-SP compõe a Comissão Científica, reunindo geriatras e especialistas em gerontologia, para selecionar os projetos submetidos para participação na Virada. “Sejam propostas de peças teatrais, palestras ou oficinas, nós precisamos garantir que o idoso seja sempre o protagonista do projeto, valorizando sua história de vida e seus talentos”, diz a médica.
A SBGG-SP e os organizadores da Virada contam com a colaboração e a participação dos profissionais da área de Geriatria e Gerontologia. “Queremos que eles nos ajudem a divulgar o evento, a indicar participantes e engajar a sociedade na reflexão sobre o envelhecimento também como oportunidade de protagonismo ”, afirma uma das organizadoras e idealizadora da Virada, a psicóloga e docente da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Fernanda Gouveia Paulino.
A primeira edição da Virada da Maturidade, em 2015, teve a participação de cerca de 10 mil pessoas em 145 atividades em 19 locais da cidade de São Paulo. Para este ano, os organizadores pretendem ampliar o número de locais e de ações. “O retorno dos idosos participantes foi ótimo e a interação com os jovens e o restante da população mostrou que o evento realmente fez com que todos pensassem sobre o processo de envelhecer”, diz a organizadora. “Os jovens ficaram impressionados com a atuação dos idosos nas atividades e puderam ver o envelhecimento como uma fase em que é possível desenvolver novas habilidades”.
A programação, inscrições para participação e outras informações podem ser obtidas diretamente no site da Virada da Maturidade.