(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

Dicas para as férias com os netos

abuelo abrazando a su  nietoFérias das crianças e os pais trabalhando… Nessa hora, muitas famílias têm nos avós a opção mais bacana – e econômica – para os cuidados dos pequenos. No entanto, as férias devem ser prazerosas para todos e não apenas para as crianças.
Em casa de avó pode-se tudo, mas sempre é preciso ter um limite, conforme diz a psicóloga Isabella Quadros, especialista em Gerontologia. “Claro que colocar regras é obrigação dos pais e a relação avós e netos é mais suave, mas há que se respeitar os limites dos avós”, diz. Esses limites são tanto espaciais como de energia. “O avô e a avó não podem ir além de suas possibilidades físicas ou se colocará em risco”, explica a especialista.
Dessa maneira, os avós que ficarem em casa cuidando de seus netos nesse final de férias ou ainda querem fazer passeios ou mesmo viajar, precisam avaliar as condições, recomenda Isabella. “Os avós precisam ter consciência da diferença de vitalidade e fazer a criança respeitar isso. É deixar claro a hora de brincar, a atividade que é prazerosa para todo mundo e também explicar que depois o adulto se cansou”, orienta.
O bacana é que avós e netos montem um roteiro juntos ou inventem uma atividade. Para isso, Isabella dá algumas dicas:

  • Se a família for a um passeio ou viagem, os avós precisam ter certeza de que será confortável para eles e que não haja risco de expô-los a riscos ou a problemas de saúde decorrentes disso.
  • Para os avós esportistas, aproveite os dias livre para influenciar positivamente os netos. Para ser agradável para as duas gerações, pense numa atividade da qual ambos possam desfrutar.
  • Os avós também podem dizer não. “Eles não devem fazer nada que não estiverem a fim ou correm o risco de ficar sobrecarregados”, diz a psicóloga. E isso inclui não querer ser responsável pelas crianças nas férias. “Deixe claro aos pais seu limite de tempo e disponibilidade de energia para cuidar das crianças. Isso é importante de ser lembrado: os avós não têm obrigação de cuidar dos netos. A relação tem que ser prazerosa para todos os lados”.