(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

GERP.17: Minicurso sobre atenção domiciliar

logo_gerpOs serviços de atenção domiciliar são voltados aos idosos com dificuldades clínicas ou sociais para acesso aos serviços tradicionais de saúde. Embora ainda não seja uma política federal, algumas prefeituras e instituições de ensino oferecem a modalidade, que tem tudo para crescer.
“Propusemos o tema da atenção domiciliar como minicurso porque é um modelo de atendimento que tem se fortalecido. Precisamos preparar os profissionais da saúde para atuar nesse sentido e também para discutir as estratégias de saúde envolvidas”, explica a assistente social Naira Dutra Lemos, presidente da Comissão Científica em Gerontologia do GERP.17 e coordenadora desse minicurso.
Os temas apresentados serão a interdisciplinaridade nesse tipo de atendimento, a aplicação da AGA (avaliação geriátrica ampla), adaptação do ambiente familiar que facilite os cuidados com o idoso, fisioterapia no domicílio e alterações visuais.
“Os palestrantes e debatedores são profissionais com conhecimento em atenção domiciliar ou nos aspectos que envolvem o envelhecimento”, diz Naira. Entre eles estão médicos, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e ainda uma promotora de Justiça do Idoso (confira a programação abaixo).
“O minicurso será voltado para profissionais que já atuam na área do envelhecimento e que tenham perspectiva ou já trabalhem em programas de atenção domiciliar”, diz Naira.
 
Programação:
Moderadora: NAIRA DUTRA LEMOS (Brasil/SP)

  1. Interdisciplinaridade e Assistência Domiciliar: um caminho comum
    Palestrante: Assistente social NAIRA DUTRA LEMOS (Brasil/SP)
  2. AGA no domicílio: o que devemos observar e priorizar?
    Palestrante: geriatra LUCIULO MELO (Brasil/PE)
  3. Adaptação do ambiente familiar facilitando os cuidados e garantindo segurança
    Palestrante: terapeuta ocupacional MARIELA BESSE (Brasil/SP)

Intervalo
4. Fisioterapia: possibilidades de intervenção no domicilio
Palestrante: fisioterapeuta CAROLINE FERREIRA SALADINI (Brasil/SP)

  1. Alterações visuais: como identificar?
    Palestrante: oftalmologista MARCELA CYPEL (Brasil/SP)

 

  1. Caso clínico
    Debatedor: geriatra EDUARDO CANTEIRO CRUZ (Brasil/SP)
    Debatedora: assistente social LETÍCIA ANDRADE (Brasil/SP)
    Debatedora: promotora de Justiça CLAUDIA MARIA BERE (Brasil/SP)