(11) 3107-6119
sbgg-sp@sbgg-sp.com.br

Workshop unirá pesquisadores brasileiros e britânicos

Medico, ricercatore in laboratorio con colleghiJovens doutores com pesquisas na área do envelhecimento terão a oportunidade de trocar experiências e participar de uma programação especialmente preparada sobre o tema, em workshop realizado em parceria entre a Faculdade de Medicina de Botucatu da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e a Universidade de Nottingham, da Inglaterra.
O workshop acontece no âmbito do acordo de cooperação entre a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e o British Council, organização internacional do Reino Unido para relações culturais e internacionais entre esse país e o Brasil.
No entanto, a aproximação entre as duas universidades aconteceu por meio da visita do geriatra e professor de geriatria da Faculdade de Medicina de Botucatu da Unesp,  Alessandro  Ferrari Jacinto, à Universidade de Nottingham no ano passado. “Eles têm um programa de ensino de Geriatria muito forte e eu fui conhecer”, conta o médico. A ida propiciou uma parceria e a vinda de um professor britânico à Unesp como visitante no programa de pós-graduação.
Com a aproximação, as universidades responderam à chamada da Fapesp com o British Council para viabilizar o workshop, que acontecerá entre 11 e 15 de junho em Botucatu. O evento oferece 30 vagas – 15 para pesquisadores de cada país. Todos os custos de viagem, hospedagem e alimentação serão pagos pelas entidades fomentadoras. A organização é do professor Jacinto e do britânico Adam Gordon, que serão palestrantes, junto a outros professores de ambas as universidades.
Para participar do processo de seleção, o candidato precisa ter defendido seu doutorado há no máximo 10 anos. Não é obrigatório ter vínculo institucional com universidades ou institutos de pesquisa, ainda que o vínculo possa contar pontos para a escolha. O evento aceita inscrições de qualquer pesquisador da área de envelhecimento e não é restrito a médicos. “Quanto mais interdisciplinar for o evento, melhor”, afirma o geriatra.
Durante o workshop, além de aulas sobre temas atuais no envelhecimento, os participantes terão a oportunidade de apresentar suas pesquisas e projetos. “O intuito maior é o estabelecimento de parcerias”, diz o médico. Além disso, ele diz que os participantes podem esperar por um encontro com pesquisadores altamente qualificados e professores vindos de um centro de pesquisa consolidado e muito aberto a parcerias internacionais.
Jacinto também salienta que a oportunidade de trocar experiências e pontos de vista com os britânicos – de diversos lugares do Reino Unido – é muito rica, já que ali há um sistema público de saúde bastante antigo e com muita experiência em geriatria.
As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de março aqui.